10 de setembro de 2011

O Planejamento Estratégico de Vida de Ana Paula Cadamuro

Tudo começou quando Ana Paula Cadamuro cortou o cabelo e ninguém raparou, assim como o meu.  Mas o vento soprou seus cabelos ondulados, ela andou levemente em “câmera lenta”, seu perfume espalhou-se para todos os lugares e seu celular tocou.
Era da InfoJobs, com uma proposta de emprego imperdível. Sim, Ana Paula havia conseguido um emprego de recepcionista bilíngüe na Metropolitana! ( o que tem a ver metropolitana com cargo bilíngüe? É que ela conseguiu os dois. OS DOIS.).
O fato é que, além de recepcionista bilíngüe da metropolitana, Ana também é atriz, cantora, modelo e dançarina. Não é freira e nem puta. Ah, porque nem toda feiticeira é corcunda e nem toda brasileira é bunda!
E aí que a Ana arrasa no teatro e desperta a paixão de um... de um... De um... Alto, bonito, simpático, interessante... e.... senhor.
Mas o que pode ser feito contra  o amor?! Ana também se apaixona pelo velinho! Ah, quanta experiência ele tem! Só de experiência ele deve ter uns 30 anos! Ah, Ana vai aprender muito com ele, muito...
De repente Ana está noiva! Mas tão nova assim? É que na verdade Ana quer dar o golpe do baú, infelizmente não conhecia esse seu lado meio ambicioso. Ele já é tão velho mesmo, ué!
Chega a noite de núpcias! Ahhh, Ana vai desfrutar de tooooda aquela experiência... Nossa, são muitos anos de experiência. Ana está ansiosa pela experiência. Mas não é que o velho tem um infarto quando vê Ana e morre?! Foram tantas emoções... Bem na noite de núpcias. Então quer dizer que Ana matou o próprio marido pra ficar com a herança?
Que escândalo! Ana está presa até provas convictas de que ela não matou seu marido! Mas Ana está rica. A herança é dela, ela trabalha na metropolitana e é bilingui! E é isso que importa! 





Licença Creative Commons
A obra Seja Feliz Com a Carol-ol-ol de Carolina Hanke foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.
Com base na obra disponível em carol-ol-ol.blogspot.com.

5 comentários:

  1. Ual heins... Isso sim é retratar bem a vida real. Vejamos: Ana já tinha conquistado um bom empredo em 2 lugares ou dois empregos em 1 lugar, ainda assim já tava bom.
    Mesmo assim a ganáncia do mundo capitalista a vez querer mais e mais dinheiro já sabendo do final e foi lá e fez... Podia ter ficado com o emprego e quem sabe até morar um tempo no exterior? rsrsrsr Bjos e boa sorte com seu futuro.

    ResponderExcluir
  2. AUSHAHSAHUS - Essa Ana num sossega

    ResponderExcluir
  3. HAHAHAHA amay!
    Só acho que deveria ter terminado minha vida em Hollywood, fazendo filmes e ganhando oscars sem contar, é claro, o CD que vou gravar e meu contrato milionário com a Universal Music.
    Mas ainda assim, gostei do meu planejamento ;D

    ResponderExcluir
  4. Carol, me explica o por que de só o meu planejamento tem um relacionamento homossexual?
    Isso é injusto cara!¬¬

    Ana Paula Camaduro que não reclame pois ela não pegará o Zé Mayer.

    ResponderExcluir