9 de dezembro de 2011

Bloqueio criativo para escrever um título.

Sabe o que é? Nem maquiagem vai tirar essa minha cara horrorosa, inchada e com olheiras. Não tem cura. Desconfio de que virei um urso panda. Ou de que tenho cara nas olheiras, em vez de olheiras na cara. E isso aqui, meu amigo, não é conjuntivite não!
Ta entendendo? A coisa tá feia. É possível até mesmo falar todos os palavrões de uma única vez, seu filho da puta, vai pra porra, caralho.
Engraçado, eu não falava palavrão, era contra, entende? Mas cacete, agora to falando.
As coisas mudam. Ah, mudam viu? Agora eu falo palavrão. Quem diria, hein? As coisas mudam.
E se quiser saber, emagreci mais 1 kg. Pois é, não sei pra onde vai tudo que como. Pro nariz. Já disse isso, né? Vai tudo pro nariz.  Posso passar inveja em todas vocês, mulheres que fazem regime. Morram de inveja.
Algum dia na minha vida eu teria que jogar isso na cara de alguém, ou melhor, das mulheres.
E daí que to ouvindo a mesma música faz 2 horas? Todos vocês já fizeram isso alguma vez na vida. E vão fazer muitas vezes, somos todos iguais. É a lei da vida.
Inclusive, e mudando já de assunto, vi hoje na TV que o fim de semana será chuvoso e na segunda-feira fará 30°. Viu? Lei da vida, sua maldita. Coisa injusta. Mas pra mim tanto faz, to de férias não remuneradas. É, DESEMPREGADA MESMO. É a palavra. Tanto faz chuva ou sol em determinado dia.
Segundo o site da Fapcom, meu curso de Rádio e TV é o melhor de São Paulo. Mas de que adianta se ninguém sabe disso?
“- Onde você estuda?
- Na FAPCOM.
- FAP O QUÊ?”
Triste. Por que não to trampando na rede globo? Já sei. Meu destino são as artes. Entra ano, sai ano e to nas artes. Não sei nem porque faço comunicação. Deveria estar fazendo pedagogia ou artes plásticas.
Sério mesmo. Estou me arrependendo do curso que escolhi.
Ok. É mentira.
Jamais me arrependo das coisas que faço.
Jamais é muita coisa. Em sua maioria. Em sua grande maioria.
O Alan uma vez me perguntou por que eu vou
Escrevendo
Assim
No MSN?
Entende?
Pulando
Linhas.
Não sei, oras. É meu jeito.
Acho que ele já se acostumou com isso.
E também porque eu começo as frases e às vezes não...





Licença Creative Commons
A obra Seja Feliz Com a Carol-ol-ol de Carolina Hanke foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.
Com base na obra disponível em carol-ol-ol.blogspot.com.

Um comentário:


  1. Me
    Acostumei
    Com
    Isso.
    Adorei o texto e adorei mais ainda o título. =)

    ResponderExcluir